Um Ponto De Fuga

quarta-feira, julho 02, 2014

Dr. Octagon



Procurando revitalizar o Hip-Hop para audiências não mainstream, o primeiro álbum a solo de Kool Keith é um must have, um clássico anómalo, que se recusa em encaixar em convenções.
Dr. Octagon, a.k.a. Kool Keith, é um Cirurgião incompetente, que simula ser uma Ginecologista... no seu labor diário molesta os seus pacientes e enfermeiras, o mote está dado, para um conjunto de juvenis, mas inegavelmente hilariantes letras de temática pornográfica, que passam pela ida à Ginecologista, até à sua luta interior entre ética profissional e necessidades carnais:
So what do you think Doctor? Was I....
I didn't mean to.
Scientific detachement. Ha!
Professional ethics
I'm not just a doctor, I AM A MAN
Doctor I didn't mean to!
I have desires. I have needs
I know you have needs and I know that you have desires (...)
O som, entre o Hip-Hop e a Trip-Hop mais electrónico, é uma banda sonora de filme futurístico de horror, servindo de base para o completamente alucinado alter ego de Kool Keith, mas o primor está na forma como se funde as rimas e o som.
Nunca Kool Keith, voltou a elaborar um álbum com os predicados de Dr. Octagon, sendo que todo o seu trabalho posterior, é inevitavelmente comparado com a sua obra seminal, apesar de participações frutuosas com nomes como Ultramagnetic MCs, Dan the Automator, The Prodigy.
Hoje mais do que nunca, o álbum é considerado um dos mais brilhantes, originais e singulares da década de noventa.

Etiquetas: , , ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home