Um Ponto De Fuga

sexta-feira, junho 24, 2005

Mais Um!

Souto de Moura vence prémio FAD com o Estádio de Braga

O arquitecto Eduardo Souto de Moura conquistou terça-feira, com o Estádio Municipal de Braga, o 47° Prémio FAD de Arquitectura 2005, distinção feita desde 1958 ao melhor projecto ibérico pela Associação Interdisciplinar de Desenho do Espaço, da Catalunha.

A esta edição concorreram 453 obras de Portugal e Espanha, em quatro categorias. A de Arquitectura teve 43 seleccionados e 20 finalistas, incluindo o Centro de Artes da Calheta (Madeira), de Paulo David - que, com o Estádio de Braga, foi finalista do último prémio europeu Mies van der Rohe. O galardão para Espaços Exteriores foi para a Esplanada e Placa Fotovoltaica do Fórum de Barcelona, de Martínez Lapefia e Elias Torres. A Sala de Actos do ITEC, em Barcelona, deu a Lluís Clotet e Ignacio Paricio o prémio de Interiores. E Javier Castellano e Rubens Cortes venceram em Espaços Efémeros, com um andaime em Granada.

Recorde-se que Souto de Moura foi já distinguido com o Prémio Secil 2004 por esta obra inovadora, edificada no local de uma antiga pedreira do Monte Crasto. "Não é frequente que um estádio tenha tanta qualidade arquitectónica", referiu ao La Vanguardia fonte do júri, classificando a obra de "espectacular". A arquitectura portuguesa "está em boas mãos e tem uma capacidade de internacionalização muito grande", afirmou à Lusa Helena Roseta, presidente da Ordem dos Arquitectos
Net Press Ordem dos Arquitectos

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home