Um Ponto De Fuga

terça-feira, setembro 06, 2005

Grand Danois

Image hosted by Photobucket.com

Alano Preto/Dogue Alemão

Historicamente, tem a sua primeira aparição numa moeda grega no ano de 36 a.C. As suas origens parecem ser Helénicas. Temos notícias do Mastim, séculos mais tarde, em 407 na Alemanha, a Gália, parte da Itália e de Espanha, aquando da Invasão pelo antigo Povo Asiático, os Alanos, que traziam consigo estes poderosos e inigualáveis Mastins. Eram animas capazes de lutar vitoriosamente com Ursos e Javalis, o que causava uma imensa admiração na Alemanha de então.
Após a saída dos Povos Bárbaros Invasores, encetou-se uma seleção/cruzamento destes Mastins com os Galgos Irlandeses. Resultaram estes cães soberbos, que combinam agilidade e uma enorme força.
A altura mínima do macho ronda os 80cm, com um peso aproximado dos 60Kg, alguns exemplares sofrem do complexo de estupidez do dono, pela incúria no tratamento das orelhas do animal, ficando o mesmo com as orelhas descaídas, desvirtuando o exemplar. Aparência calma e um olhar vivo, com um aspeto que per si convoca respeito, o seu aspeto delgado só é interpretável dada a altura enorme do cão (0.8m - 1m ou mais).
Na sua efeméride pela história da Humanidade foi utilizado como cão de caça, combate, de passeio, de guarda e de defesa pessoal, hoje em dia é principalmente apreciado pela sua função de decorador de jardins. Não sem razão, foi intitulado "O Apolo dos Cães."

2 Comments:

Blogger hfm disse...

Gostei de ler. Sempre gostei destes cães talvez porque, em miúda, a primeira vez que vi um perguntei se era um burro...

7/9/05 09:18  
Blogger ... disse...

s conhecidos na alemanha, por dinamarqueses, apesar de n terem qualquer relação com o dito pais..comem cerca de 1.5kg de carne por dia

8/9/05 01:21  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home